Você ama essas plantinhas gordinhas e fofinhas chamadas suculentas, não é mesmo? Elas são tão charmosas com suas folhas carnudas e suas flores exuberantes. Mas cuidar de suculentas para iniciantes pode parecer intimidador no começo.

Não se preocupe! Com algumas dicas simples, você poderá criar seu próprio jardim de suculentas em pouco tempo.

Neste guia para iniciantes, vamos te mostrar as melhores espécies para começar, como escolher os vasos ideais e as condições perfeitas de luz e água.

Além disso, vamos ensinar truques para que suas plantinhas continuem viçosas e saudáveis. Então junte-se a nós nesta aventura e descubra o prazer de cultivar essas belezinhas. Você vai se apaixonar por elas!

Por Onde Começar?

Finalmente decidiu cultivar suculentas? Ótimo! Você está prestes a descobrir um mundo de plantas versáteis, resistentes e deslumbrantes.

Para iniciantes, comece com as espécies mais fáceis de cuidar que irão prosperar sob seus cuidados.

Escolha locais com muita luz

As suculentas precisam de muita luz solar para crescer, então coloque-as perto de janelas que recebam luz direta durante grande parte do dia. Se você não tiver uma janela adequada, considere usar luzes de crescimento.

Regue com moderação

Deixe a terra secar entre as regas e nunca deixe a planta em água parada. As suculentas armazenam água em suas folhas, então regue somente quando o solo estiver seco.

Fertilize durante o crescimento

Use um fertilizante diluído, balanceado e específico para suculentas durante a primavera e o verão. Pois isso ajudará suas plantas a prosperar e produzir brotos novos.

Também, escolher as espécies certas, fornecer muita luz solar e umidade, bem como cuidar adequadamente de suas suculentas irá recompensá-lo com plantas saudáveis que duram por anos.

Agora que você sabe o básico, pode se aventurar em espécies mais exóticas à medida que sua confiança aumenta. Boa sorte e divirta-se com suas novas suculentas!

As Espécies Mais Fáceis De Cultivar Para Iniciantes

Se você é novo no mundo das suculentas, então não se preocupe – existem algumas espécies perfeitas para iniciantes que são fáceis de cultivar e prosperarão sob seus cuidados.

Echeveria

Echeverias são suculentas encantadoras com folhas em forma de roseta. Elas adoram o sol e são tolerantes à secura, portanto, são perfeitas para iniciantes.

As espécies Echeveria elegans e Echeveria pulvinata são particularmente fáceis de cultivar, crescendo bem em vasos e jardineiras.

Haworthia

Haworthias são suculentas elegantes e distintas com folhas em forma de cilindro ou triângulo. Elas preferem sombra parcial e solo seco, portanto, são ideais para ambientes internos.

A Haworthia attenuata é uma excelente opção para iniciantes, com requisitos mínimos de cuidados.

Sedum

Sedums, também conhecidos como orpins, são suculentas versáteis e atraentes que prosperam em condições diversas.

Variedades como Sedum spurium ‘Dragon’s Blood’ e Sedum album ‘Coral Carpet’ são incrivelmente fáceis de cultivar, tolerando sol pleno a sombra parcial e solo seco a úmido.

Com essas suculentas fáceis de cultivar, você estará desfrutando de um jardim de suculentas em pouco tempo! Contudo, lembre-se de dar a elas muito sol (ou luz), solo bem drenado e regar moderadamente.

Em breve, você será um especialista em suculentas. Agora, mergulhe e divirta-se!

Como Cuidar Das Suas Suculentas: Sol, Rega E Adubação

Felizmente, cuidar de suas suculentas é muito simples! Essas plantinhas adoráveis não exigem muito para prosperar, apenas sol, rega moderada e adubação ocasional.

Primeiro, coloque suas suculentas em um lugar bem iluminado, de preferência sob luz direta do sol.

As suculentas adoram o sol e precisam de muita luz para crescer adequadamente. Por outro lado, muito sol pode queimar as folhas, então tenha cuidado. Se as folhas começarem a ficar vermelhas ou marrons, diminua gradualmente a exposição à luz.

Em segundo lugar, regue suas suculentas moderadamente.

Regue apenas quando o solo estiver seco nos primeiros centímetros, geralmente a cada 7-10 dias. Encharcar o solo pode levar ao apodrecimento das raízes, o que é fatal para as suculentas.

Quando regar, molhe bem o solo até a água escorrer pelos furos de drenagem na base da vasilha. Isso garante que toda a bola de raízes seja hidratada.

Finalmente, adube suas suculentas a cada poucas semanas durante o período de crescimento.

Use um adubo equilibrado, como 10-10-10, e dilua-o pela metade da concentração recomendada para evitar queimaduras. A adubação incentivará um novo crescimento saudável e folhas vivas.

No outono e no inverno, reduza ou pare de adubar quando o crescimento diminuir.

Leia Também:

Seguindo estes passos básicos, suas suculentas ficarão radiantemente saudáveis e felizes! Lembre-se, no entanto, de verificar regularmente a umidade do ar, pragas comuns e ocasionalmente replantar em vasilhas maiores. Com um pouquinho de amor e atenção, suas suculentas prosperarão!

Os Erros Mais Comuns Com Suculentas E Como Evitá-Los

Você já comprou uma suculenta fofinha e acidentalmente a matou? Não se preocupe, afinal, todos nós cometemos erros, principalmente quando estamos aprendendo! A boa notícia é que, com algumas dicas simples, você pode criar um ambiente ideal para suas suculentas e vê-las prosperar.

Regando Demais

É fácil regar demais as suculentas porque elas parecem tão secas! No entanto, regá-las em excesso pode levar à apodrecimento das raízes. as suculentas armazenam água em suas folhas carnudas e não precisam de muita água.

Verifique o solo com o dedo antes de regar – se estiver seco nos primeiros 2 a 3 cm, está na hora de regar. Quando regar, encha bem o vaso com água e deixe escorrer pelos orifícios de drenagem.

Não dando Luz Suficiente

Uma vez que as suculentas adoram a luz do sol e precisam de muita luz para crescer e florescer, é recomendável colocar suas suculentas perto de uma janela voltada para leste ou oeste para obter muita luz solar difusa durante o dia.

Sem luz suficiente, seu crescimento diminuirá e suas folhas podem começar a cair. Dê um impulso com uma luz de planta ou considere movê-la para um local mais ensolarado.

Fertilização em Excesso

Dentro desse contexto, durante a estação de crescimento, adube suas suculentas a cada poucas semanas. Além disso, use um fertilizante equilibrado, de propósito geral com partes iguais de nitrogênio, fósforo e potássio, como 10-10-10.

Dilua o fertilizante para 1/2 da força recomendada para evitar queimaduras por fertilizante. A adubação também encorajará um novo crescimento saudável e uma folhagem vibrante.

No outono e no inverno, reduza ou pare de alimentar completamente conforme o crescimento diminui.

Dicas Para Ter Sucesso Com Suas Suculentas

Suas suculentas vão prosperar se você seguir estas dicas! Primeiro, escolha um local ensolarado para suas plantas.

As suculentas adoram a luz do sol e quanto mais sol elas receberem, mais coloridas serão suas folhas. Além disso, certifique-se de que o solo drene bem para evitar o acúmulo de água que pode levar ao apodrecimento das raízes.

Em seguida, regue suas suculentas moderadamente. Apenas regue quando o solo estiver seco aos toques – geralmente a cada 1-2 semanas.

As suculentas são adaptadas para ambientes áridos, portanto, muito pouca água é necessária para mantê-las felizes. Quando regar, encha o prato de drenagem com água e deixe a água ser absorvida antes de descartá-la.

Seguindo estas dicas básicas, suas suculentas ficarão felizes e saudáveis. Lembre-se: escolha um local ensolarado, regue moderadamente e adube levemente.

Suas suculentas agradecerão com folhagem colorida e flores atraentes! Divirta-se com suas novas plantas e boa sorte!

Conclusão

Então é isso, meus amigos! Com as dicas que compartilhei hoje, vocês têm tudo o que precisam para começar sua jornada no mundo das suculentas.

Lembrem-se de escolher espécies fáceis de cuidar, como a Calanchoe ou o Cacto-coluna. Proporcionem a elas muita luz solar e reguem com moderação. Em pouco tempo, verão suas plantinhas crescerem fortes e saudáveis! Agora é só aproveitar e se divertir nesse hobby relaxante.

Que tal já separar um cantinho e comprar aquelas mudinhas? Vocês vão amar cuidar das suas novas amiguinhas.

Espero que tenham gostado e aprendido com esse artigo. Até a próxima leitura, continuem sempre nutrindo sua paixão por plantas!

Para mais dicas incríveis como estas veja nossos posts no site Dicas da Flora Mendes!

Share this content: