Você acabou de se mudar para o apartamento dos seus sonhos na cidade, mas agora deseja um pouco de natureza e não saber Como Cultivar uma Horta em um Apartamento?

Não se preocupe, você não precisa desistir do seu polegar verde só porque vive em uma selva de concreto!

Com um pouco de criatividade, paciência e acima de tudo, conhecimento, você pode cultivar um lindo jardim interno bem no seu oásis urbano.

Cultivar plantas em um apartamento nunca foi tão fácil e gratificante. Portanto, neste artigo irá orientá-la em tudo que você precisa para liberar seu jardineiro interior.

Prepare-se para transformar até mesmo o menor recanto do apartamento em um jardim exuberante e vibrante que você terá orgulho de exibir.

Com as estratégias certas, um parapeito de janela ensolarado é tudo que você precisa para se reconectar com a natureza e assim, canalizar seus instintos naturais de nutrição para o cultivo de plantas prósperas em vaso.

Antes que você perceba, você estará colhendo produtos caseiros e enfeitando pratos com ervas frescas, tudo sem sair de casa! Liberte o seu jardineiro interior e transforme o seu apartamento num oásis urbano.

Com a abordagem certa, pequenos espaços podem render grandes recompensas.

Escolha as Plantas Certas para o seu Espaço

Vegetais de folhas verdes, sobretudo como espinafre, couve, acelga e alface são ideais para espaços pequenos.

Eles requerem luz e espaço mínimos para crescer. E além disso, seu rápido crescimento significa que você pode colher várias vezes.

Plante sementes ou plantas iniciais em recipientes com pelo menos 15 centímetros de profundidade e coloque em um local ensolarado.

Ervas e Temperos

  • Manjericão
  • Salsinha
  • Cebolinha
  • Hortelã
  • Orégano

Hortaliças Compactas

Tomates

Variedades de tomate anão podem prosperar em recipientes. Contudo, procure tipos determinados que não ultrapassem um metro de altura.

Plante um tomate por recipiente de 5 galões e coloque em local com pelo menos 6 horas de sol direto.

Regue regularmente para manter o solo sempre úmido. Fertilize a cada poucas semanas.

Assim que as flores se formarem, agite suavemente ou vibre as flores para polinizar e ajudar a dar frutos.

Ervas

Muitas ervas frescas como manjericão, cebolinha, coentro, salsa, orégano, alecrim, tomilho e hortelã ficam bem em pequenos espaços e recipientes.

As ervas requerem pelo menos 6 horas de sol e rega moderada. Fertilize ervas durante a estação de crescimento. Retire as folhas e caules conforme necessário para cozinhar.

No final da estação de cultivo, por fim, você pode colher plantas herbáceas inteiras para secar para uso futuro.

Com a escolha certa de vegetais e os devidos cuidados, você pode cultivar uma horta próspera em seu apartamento.

Os produtos caseiros são gratificantes e bons para a saúde e para o ambiente. Comece aos poucos, aprenda à medida que avança e aproveite os frutos do seu trabalho!

Escolhendo um local

Selecione uma área do seu apartamento que receba bastante luz natural durante o dia, como perto de uma janela.

Janelas voltadas para o sul que recebem luz solar direta são ideais. Se houver luz natural limitada disponível, você pode usar luzes artificiais de cultivo para complementar.

Então nesse caso, certifique-se de que o espaço escolhido esteja próximo a uma tomada elétrica e fonte de água.

Escolha os Vasos Adequados

Preparando o Espaço

Agrupe seus vasos no local escolhido. Encha os recipientes com mistura para envasamento, deixando alguns centímetros de espaço no topo.

Umedeça a mistura antes de plantar. Coloque bandejas de sementes na esteira térmica para facilitar a germinação.

Tamanho

Material

Leia Também:

Escolhendo o que crescer

Selecione vegetais que prosperem dentro de casa, como folhas verdes, tomates, pimentões, rabanetes e ervas.

Plante uma variedade para colheita contínua. Consulte o pacote de sementes ou a etiqueta da planta para obter requisitos específicos de luz e espaço para determinar o posicionamento apropriado.

Com os cuidados adequados, a horta do seu apartamento fornecerá produtos cultivados localmente durante todo o ano.

Através de manutenção regular, como rega, fertilização, poda e controle de pragas, você pode aproveitar as recompensas de cultivar seu próprio jardim interno.

Fertilizando

Alimente os vegetais do seu recipiente com um fertilizante balanceado para todos os fins, uma vez por mês.

Use um fertilizante com partes iguais de nitrogênio, fósforo e potássio, como 10-10-10.

Siga as instruções da embalagem do produto e tome cuidado para não fertilizar demais, pois pode queimar as raízes das plantas.

Reduza ou pare a alimentação no outono, quando o crescimento desacelera.

Repotting

Observe atentamente as plantas do recipiente em busca de sinais de que elas estão ficando presas ao vaso, como raízes circulando nas bordas do recipiente ou plantas que requerem rega frequente.

Quando isso acontecer, mova o contêiner de um tamanho para cima. Remova com cuidado toda a planta e massa de solo do vaso atual e coloque-a no novo recipiente.

Preencha as laterais com mistura de envasamento fresca e regue bem após o replantio. O repoteamento na primavera, antes do início da estação de cultivo, é o ideal.

Controle de pragas

Inspecione seu jardim de contêineres regularmente em busca de sinais de pragas comuns, como pulgões, ácaros e vermes do repolho.

Remova as pragas maiores manualmente e borrife sabonete inseticida ou óleo de nim para infestações menores. Reaplique conforme as instruções até que as pragas estejam sob controle.

Para infestações persistentes ou graves, pode ser necessário descartar plantas fortemente infestadas para evitar a propagação a outras pessoas.

Pratique medidas preventivas como rotação de culturas de ano para ano e manutenção de plantas saudáveis ​​e resistentes a pragas.

Com cuidado e monitoramento consistentes, a horta de vegetais do seu apartamento pode proporcionar uma colheita abundante.

Prestar muita atenção às necessidades de suas plantas ajudará a mantê-las produzindo durante todo o período de cultivo.

Conclusão

Em resumo, cultivar vegetais num apartamento é certamente alcançável com um planeamento cuidadoso e a mentalidade certa.

O segredo é começar aos poucos, escolhendo plantas compactas e de alto rendimento que não exijam muito espaço e possam prosperar dentro de casa.

Realizar pesquisas sobre as necessidades específicas de cada planta e preparar seu espaço com os equipamentos necessários com antecedência garantirá que você esteja preparado para cuidar adequadamente de seu jardim interno.

A manutenção regular, como rega, fertilização, poda e controle de pragas, é necessária para manter suas plantas saudáveis ​​e produzir rendimentos abundantes em um espaço confinado.

No entanto, as recompensas dos produtos cultivados localmente fazem o esforço valer a pena. Com tempo e prática, você ganhará uma experiência valiosa para expandir seus conhecimentos e habilidades em jardinagem.

A jardinagem em apartamentos ensina muitas lições de vida, incluindo responsabilidade, paciência e apreço pela natureza.

Cuidar das plantas pode ser um hobby relaxante e gratificante que também melhora o seu espaço de vida.

Qualquer pessoa com desejo e motivação para iniciar uma horta interna pode alcançar grande sucesso começando aos poucos, aprendendo com os erros e vendo os desafios como oportunidades de crescimento.

Como qualquer novo empreendimento, haverá uma curva de aprendizado. Mas não desanime com falhas ou imperfeições iniciais.

Com cuidado e atenção regulares, o jardim do seu apartamento florescerá com o tempo. A chave é simplesmente começar e persistir.

Não importa o tamanho ou o rendimento da sua primeira colheita, orgulhe-se do fato de você mesmo ter cultivado a planta.

Que seu jardim cresça e prospere!

Para mais dicas incríveis como estas veja nossos posts no site Dicas da Flora Mendes!

Share this content: